Pastor é acusado de aplicar o golpe da "Casa Própria" em mais de 100 vítimas

17 setembro 20100 comentários


Surgiram mais 14 vítimas do pastor Gilson Ribeiro Soares, de 63 anos, que não é pastor, muito menos membro da Igreja Congregação Cristã do Brasil conforme foi publicado na edição de ontem. Ele, segundo uma das vítimas afirmou na tarde desta quarta-feira (15), é líder da Igreja Assembléia Aliança Eterna, cuja sede funciona na casa dele, na Rua 25 do bairro Pedra 90.

“Ele não é Ansião da Igreja Congregação Cristã do Brasil. Ele é pastor, ou líder, sei lá, da igreja Aliança Eterna. Ele mora nos fundos, e a igreja fica parte da frente da casa dele, na Rua 25 do bairro Pedra 90, disse Rosivânia Celina Farias, uma das vítimas do pastor Gilson.

Na noite desta terça-feira (14), mais 14 vítimas registraram ocorrência na Central de Ocorrências. Só que, desta vez elas também citaram um homem identificado como Fábio Braga, o mesmo que já havia sido citado por outras vítimas como comparsa do pastor Gilson. Ao todo, seriam mais de 100 vítimas.

ENTENDA O CASO.

O pastor Gilson é acusado de aplicar o golpe da "Casa Própria" em pelo menos 100 pessoas, a maioria fiéis. O pastor cobrava, em média, R$ 1 mil de cada pessoa para facilitar a aquisição do imóvel através de sorteios, que ele garantia ter influência.

O acusado, o pastor Gilson Ribeiro Soares, de 63 anos, morador da Rua 25 do bairro Pedra 90, região do Coxipó, na periferia de Cuiabá, foi detido por volta das 19 horas desta segunda-feira (13), pela Polícia Militar, depois que duas pessoas fizeram uma denúncia.

Uma das vítimas, Rosivânia Celina Fiarias Caetano, de 24 anos, contou que pagou R$ 1 mil para ter seu nome incluido no sorteio de uma casa localizado num residencial construido na Avenida das Torres, uma obra do Governo Federal.

Rosivânia e a irma contam que foram proteladas há mais de dois meses, até que o pastor confirmou que seus nomes seriam sorteados na última sexta-feira (19/09), o que não aconteceu.

Sentindo-se enganadas, as duas procuraram a Polícia, principalmente depois que souberam através de um homem ligado ao pastor que mais de 100 pessoas como elas também estavam sendo vítimas do mesmo golpe.

Detido pela Polícia Militar, o pastor Gilson Soares foi transferido para a Central de Flagrantes. Lá ele foi indiciado em crime de estelionato pelo delegado Christian Alessandro Cabral. O acusado foi liberado logo em seguida. A Polícia vai abrir inquérioto e o acusado continuará sendo investigado.


ERRATA

As informações sobre a vida religiosa do pastor Gilson como membro da Congregação Cristã do Brasil foram repassadas pela Polícia que as recebeu através das vítimas. Só que, essas informações estavam incorretas.
Compartilhe :
Comentários
0 Comentários

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.

 
Copyright © 2012. Blog do Lucas ! - Todos Direitos Reservados
Design Lucas Porto