"Nem o clube e nem a seleção é lugar de pregação" diz técnico da seleção Brasileira, Com mesma posição Luxemburgo!

27 outubro 20100 comentários


O Brasil teve uma situação distinta com a religião na última Copa do Mundo. Com acusações sobre preferência por funcionários e até jogadores evangélicos, a seleção era, inclusive, acompanhada por pastores. Questionado sobre seu posicionamento quanto a questão, o atual técnico Mano Menezes disse que deve rejeitar qualquer influência deste tipo em sua equipe.


“Recebi informações deste tema porque tive interesse de ir atrás do que tinha se passado. Nem o clube e nem a seleção é lugar de pregação. Você pode cultuar sua crença dentro do respeito que tem que ter com a minha ou com a sua religião. Voce não vai lá para convencer este ou aquele para que tenha a sua religião”, afirmou Mano.


Luxemburgo barra pastor no Flamengo





Desde que chegou ao Flamengo, Vanderlei Luxemburgo mudou o time, testou jogadores, conseguiu duas vitórias e dois empates e fez uma barração religiosa: Com isso, o encontro agora acontece numa igreja e com o auxílio da tecnologia, com mensagens de texto de celular e através da internet.

"Quando muda o técnico, os jogadores pedem autorização. O Diego (Maurício) chegou a falar com o Isaías (supervisor de futebol)... O Vanderlei disse que liberando a presença de um pastor, daqui a pouco vão querer levar pai de santo, padre... Eu entendi, ele foi coerente, quis organizar", afirma o pastor Fernando.

O veto acontece justamente no momento em que mais jogadores passaram a buscar conforto e apoio nas palavras de Deus e conversas motivacionais. Juan e Correa são os novos integrantes do grupo, que já contava com Marcelo Lomba, Diego Maurício, Diogo, Paulo Vitor, Deivid e Val Baiano, entre outros. Na base da fé e da confiança que ganhou de Luxemburgo, Val Baiano fez gols e desencantou.

"Os encontros estão acontecendo na igreja. Depois do culto, reservo um momento em separado para os jogadores do Flamengo, com orações e conversa", afirma o pastor.

Apesar da proibição de Luxemburgo, o religioso não cria polêmica e elogia o treinador rubro-negro. "Ele é o cara, um fera, técnico de verdade mesmo", afirma Fernando.

Além dos encontros na igreja, o pastor troca mensagens pela internet e SMS de celulares com os jogadores. "Às vezes, quando eles estão no ônibus da delegação indo para o jogo, mandam um SMS dizendo que estão com Deus", destaca o pastor.

Os jogadores que buscam forças na palavra evangélica costumam escrever mensagens religiosas no Twitter para propagar sua fé. Mas o pastor Fernando faz um alerta. "Digo que não tem essa de Deus faz tudo... os jogadores têm que fazer a parte deles", ressalta.




Compartilhe :
Comentários
0 Comentários

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.

 
Copyright © 2012. Blog do Lucas ! - Todos Direitos Reservados
Design Lucas Porto