Ateus lançam nova campanha anti-cristianismo comparando Deus com a lenda do “Pé-grande”

09 dezembro 20100 comentários


O mesmo grupo de ateus responsável pelos controverso anúncios em ônibus exibidos no ano passado, que sugeriam que Deus “provavelmente não existe”, irão espalhar um novo conjunto de pôsteres em ônibus do Canadá. A campanha deste ano traz o slogan: “Afirmações extraordinárias requerem evidências extraordinárias” e lista: “Alá- Pé Grande – ÓVNIs – Homeopatia – Zeus – Videntes – Cristo”.As peças publicitárias vão aparecer no transporte público de Toronto em janeiro. Falta apenas a aprovação final da Comissão de Trânsito de Toronto, disse Justin Trottier, diretor-executivo da organização ateia Centre for Inquiry [Central de Investigações]. Depois da estreia em Toronto, a organização planeja veicular os anúncios em ônibus das cidades de Calgary, Vancouver, Ottawa, Montreal e Saskatoon.

“Por que acreditar no Pé Grande é considerado delírio, mas a crença em Deus e em Cristo é respeitada e reverenciada? Todas essas afirmações são igualmente extraordinárias e exigem uma investigação crítica”, diz o site da campanha, www.extraordinary-claims.com.

Trottier insiste que os anúncios não foram projetados para ofender os canadenses religiosos.

“Adoraria saber que todos os que verão os anúncios entenderam que o objetivo da campanha não é desmentir automaticamente qualquer coisa ‘suspeita’. Estamos interessados em um debate verdadeiro, uma conversa sobre essas afirmações extraordinárias. Não estamos aqui para zombar das pessoas que acreditam nessas ideias “, disse ele.

Ele lembra que os cientistas fizeram declarações extraordináras para explicar a evolução, mas suas crenças são apoiadas por evidências. ”A homeopatia, os milagres e as reivindicações religiosas? São no mínimo igualmente extraordinárias, mas onde estão as provas? Apresente-nos as provas e vamos ficar felizes em nos unir a eles e endossar essas crenças”, disse ele.

Os anúncios anteriores, que começaram a ser divulgados em janeiro de 2009, diziam: “Deus provavelmente não existe. Agora, pare de se preocupar e aproveite a vida”. Eles foram vistos em Toronto, Ottawa, Calgary e Montreal, durante cerca de um mês em cada cidade.

Trottier disse que a Freethought Association [Associação do Pensamentos Livre] do Canadá arrecadou US$ 50.000 para pagar pelos anúncios de 2009. A campanha pretende levantar outros 50.000 dólares para cobrir as despesas de fazer as novas peças.

Os anúncios veiculados ano passado tiveram uma reação mista por parte de canadenses religiosos e ateus.

“Muita gente entendeu mal o objetivo de a campanha e confundiu o objetivo do tom que usamos. Alguns viram a campanha como algo muito confrontador ou como puro escárnio”, disse Trottier.

Outros críticos disseram que relaxar e aproveitar a vida era muito “hedonista” e sugerir que Deus “provavelmente” não existe irritou tanto ateus quanto teístas, mas por diferentes razões.

Por outro lado, a campanha levou-os a receber convites para participar de debates, mesas-redondas e até dar “sermões” em várias comunidades religiosas. Trottier observa que muitas organizações consideraram o interesse dos ateus pela religião como algo “intrigante”.

Ele espera que a nova campanha também possa iniciar novos debates.

A Igreja Unida do Canadá, maior denominação protestante do país, rebateu a campanha dos anúncios ateus feita nos ônibus ano passado com anúncios no jornal. ”Deus provavelmente existe. Agora, pare de se preocupar e aproveite a vida”, foi a frase escolhida.

O reverendo Bruce Gregersen, diretor do conselho-geral da igreja, classificou os anúncios feitos por eles como “uma resposta bem-humorada”. Ele disse que a nova onda de anúncios de Trottier irá questionar os canadenses sobre o que é mais importante: fatos ou sentido e propósito.

“A discussão é bem-vinda e convida todas as pessoas a pensar sobre o significado da fé. É uma pergunta justa, que atinge diretamente o que você considera como prova. Existem milhões de pessoas que têm uma percepção sobre o mistério… lá no fundo de seu espírito”, declarou Gregersen.

Ele espera que os canadenses religiosos não fiquem chateados ao ver Cristo e Deus na mesma lista que o Pé-Grande e os duendes.

“Entendemos que Cristo é capaz de passar por esse tipo de situação e não ser ridicularizado. Nossa crença em Jesus é muito maior do que qualquer coisa relacionada a Zeus, videntes ou homeopatia. Nesse sentido, eles estão banalizando a natureza da fé. Por outro lado, não é suficiente para que eu deseje criar problemas”, disse o reverendo.

Ihsaan Gardee, diretor-executivo do Conselho de Relações Americo-Islâmicas do Canadá, disse acreditar que muitos canadenses discordarão com “veemência” desses anúncios, mas o Centre for Inquiry tem o direito de expressar suas opiniões.

“O diálogo entre pessoas de todas as religiões é sempre bem-vindo, desde que a maneira escolhida para fazê-lo não seja conflitante com as leis do Canadá, não gere um discurso de ódio nem promova a violência contra qualquer grupo”, escreveu em um e-mail.

Cerca de um quarto dos canadenses disseram não acreditar em Deus algum em uma pesquisa sobre religião em 2008.
Compartilhe :
Comentários
0 Comentários

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.

 
Copyright © 2012. Blog do Lucas ! - Todos Direitos Reservados
Design Lucas Porto