ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Obama segue à procura de uma igreja para congregar


A família Obama ainda não encontrou uma igreja do seu agrado, depois de estar vivendo há dois anos em Washington. O inquilino da Casa Branca assistiu a sermões em seis congregações diferentes, a maioria delas afro-americanas, mas nenhuma o convenceu a convertê-las em seu lar espiritual.

A última aparição do presidente estadounidense e de sua família foi no domingo passado na Metropolitan African Methodist Episcopal Church, situada a poucos quarteirões da Casa Branca. A congregação foi o lugar no qual decidiram presenciar por ocasião da celebração do dia de homenagem a Martin Luther King, uma festa de repercussão nacional nos Estados Unidos.

A congregação se esforçou para fazer os Obama se sentirem como em casa e, ao final do sermão, se uniu para cantar “parabéns pra você” a Michelle, a primeira-dama, que no dia seguinte completaria 47 anos.

A esposa do pastor da congregação, a reverenda Marie Braxton, disse olhando à primeira-dama: “Seria algo incrível se te unisses à nossa igreja, e eu seria tua pastora, e tua amiga. E senhor presidente, encontraríamos algo para você fazer também”.

Durante mais de duas horas, a família presidencial participou de forma ativa na cerimônia, cantando, passando o objeto de recolhimento das doações, e escutando com atenção as notícias da congregação. Embora tenham se acomodado na Metropolitan, a secretaria de imprensa reiterou, depois do culto, que a “política espiritual” dos Obama não havia mudado.

“A primeira-família esteve encantada de visitar muitas congregações na região de Washington, e continuará orando em igrejas dos arredores da cidade”, declarou Kevin Lewis, porta-voz da Casa Branca a uma equipe de imprensa local. “Seguramente, anunciaremos quando eles tiverem tomado a decisão sobre uma igreja própria”.


Há um ano, o presidente realizou um discurso na Vermont Avenue Baptist Church, a igreja na qual Martin Luther King havia pregado durante o período do movimento pelos direitos civis dos afro-americanos. Obama também assistiu às celebrações em outras duas igrejas históricas da comunidade afro-americana, a Allen Chapel African Methodist Episcopalian Church e a 19th Street Baptist Church.

Além disso, o presidente também visitou em numerosas ocasiões a Evergreen Chapel, em seu retiro de Camp David, e a Saint George Church, do outro lado da praça Lafayette, situada em frente à Casa Branca.

As aparições de Obama, em diversas igrejas, têm sido seguidas de perto pelos meios de comunicação depois que, em 2008, rompera com a Trinity United Church of Christ por causa do escândalo que provocou a publicação na imprensa de alguns dos discursos inflamados de seu pastor, o reverendo Jeremiah Wright.

O fato de que Obama não tenha encontrado um lar espiritual, e não assista com regularidade às reuniões, pode haver influenciado na confusão que reina entre um importante setor da opinião pública com respeito a sua fé religiosa, porque nos estudos muitos afirmam não saber se ele é cristão e uma minoria acredita que ele seja muçulmano.
« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.