Pastor quer BBB no paredão!

28 janeiro 20115comentários


Metodista propõe boicote a programa da Rede Globo

Foi dada a largada! Desde o último dia 11 de fevereiro, milhões de brasileiros estão na frente das telinhas para ver o reality show mais esperado do ano. Isso mesmo! Refiro-me ao Big Brother Brasil 11, o BBB, programa que chega a sua 11ª edição exibido na Rede Globo de Televisão todos os dias durante três meses ao ano. Você pode até achar estranho o porquê está saindo uma matéria na página de Cultura do Expositor sobre o BBB. A intenção é trazer a você, caro leitor(a), esclarecimentos sobre o reality show que tem influenciado milhares de pessoas, inclusive os cristãos.

A atmosfera de Sodoma e Gomorra, conforme descrita na Bíblia tem invadido os lares brasileiros sem pedir licença, com cenas imorais, atos sexuais, palavras chulas, gestos obscenos e comportamentos condenáveis há cerca de dez anos. Mas nesta edição, a coisa parece ter ficado um pouco pior. Com medo de perder a audiência para outras emissoras, a Globo logo no primeiro dia do programa deixou claro que o BBB não terá limites.

Basta ver a declaração do diretor do “Grande Irmão”, J. B. Oliveira, o Boninho, "hora de ir para o hotel passar as regras com os brothers e avisar que vale pancadaria (a frase não foi colocada na íntegra aqui) para ganhar o prêmio”. Em outras palavras, para faturar o prêmio de R$ 1,5 milhão, vale mesmo tudo, inclusive agressões físicas.

Como se não bastasse a orientação absurda de Boninho aos participantes, o diretor do programa ainda incluiu neste ano o “sabotador” na casa. Esse (a) personagem ou pessoa será o/a responsável por atrapalhar o grupo de ganhar dez mil reais. Mais um motivo de divisão entre eles/elas.

E tem mais, que tipo de emoções e desejos um capítulo de BBB produz num/numa adolescente ou jovem solteiro(a)? Que tipo de estímulos e valores um programa desses produz num/numa jovem cristão que procurará se manter virgem até o seu casamento? O que eles/elas têm vontade de fazer após assistir BBB? Orar? Acho que não.

Não é de se estranhar que em nossas igrejas tenhamos tantas pessoas "ficando", viciadas em masturbação e inclusive solteiros com vida sexual ativa (como mostrou uma pesquisa da Revista Eclesia, 52% dos jovens evangélicos brasileiros confessam haver tido relação sexual antes do seu casamento).

O Inspirador do Big Brother Brasil
O mais famoso romance George Orwell, “1984”, trás no rodapé da capa do livro os seguintes dizeres: Big Brother is watching (Grande Irmão está vigiando você). O livro foi escrito no ano de 1948, mas por força dos editores, o título foi invertido para 1984.
O livro narra o "futuro" na Pista de Pouso Número ou Inglaterra, parte integrante do megabloco da Oceania. É comum o conflito dos leitores com o continente homônimo real.

O megabloco superficial de Orwell tem este nome por ser uma adesão de países de todos os oceanos. O tema principal de 1984 é a transformação da realidade. Não seria esse também o propósito das onze edições do Big Brother Brasil exibidos pela Rede Globo?


Voltando ao livro, fingida de democracia, a Oceania existe em um totalitarismo desde que o IngSoc (o Partido) chegou ao poder sob a liderança do onipresente Grande Irmão (Big Brother). Contado em terceira pessoa, o livro narra à história de Winston Smith, membro do partido externo, empregado do Ministério da Verdade. O cargo de Winston é reescrever e distorcer informações de acordo com a importância do Partido. Nada muito distinto de um historiador ou jornalista. Winston interroga a opressão que o Partido desempenhava nos cidadãos. Se alguém refletisse diferente, cometia crimidéia (crime de ideia em novilíngua) e fatalmente ele desaparecia, ou seja, a pessoa era capturada pela Polícia do Pensamento e extinta. Paredão nele!

A intenção de Orwell era apresentar um futuro fundamentado nas aberrações do presente. Winston Smith e todos os cidadãos tinham ciência que qualquer atitude suspeita poderia expressar seu fim, e não apenas sair de um programa de tv com o bolso cheio de dinheiro, mas desaparecer de fato. Não é o que acontece no BBB?  Os participantes ficam se policiando nas palavras porque qualquer atitude por gestos ou palavras, pode servir contra eles mesmos. No livro, os vizinhos e os próprios filhos eram incentivados a denunciar às autoridades quem cometesse crimideia.

Para expressar suas emoções, Winston escreve todos os dias em seu diário usando o canto "cego" do apartamento. Somente assim, ele não era flagrado pela teletela.A primeira frase que Winston escreve em seu diário é atual e justificável: abaixo o Big Brother!

Há uma intenção por trás do BBB que é nivelar toda a sociedade de tal forma que as pessoas achem que “tudo é normal”. Sinceramente, está na hora de colocar o BBB no paredão. Reflita: vale a pena assistir o BBB 11? Não deixe que a mídia influencie seus pensamentos.

Compartilhe :
Comentários
5 Comentários

+ comentários + 5 comentários

28 de janeiro de 2011 13:06

Gostei do Post! Já pensou em divulgar também no www.plik.com.br ?

Eric
28 de janeiro de 2011 15:04

No que diz respeito ao fato de o referido programa ser uma bela porcaria, não restam dúvidas e concordo com vc. Agora essa edéia de casar virgem é pra lá de ridícula; viciado em masturbação é de uma sandice sem precedentes. Sexo faz parte da natureza humana, assim como a masturbação, aliás, pensar ao contrário é não pensar. Ninquém se torna uma pessoa melhor porque casou virgem, assim como ninguém se torna pior porque gosta de se masturbar, seja homem ou mulher. "A imoralidade é a moralidade daqueles que se divertem mais do que nós". Viver a plenitude da sexualidade é, sobretudo, viver bem, ao passo que viver com dogmas, regras estultas, preconceitos, recalques, castrações, não é viver bem, e sim, sobreviver, passar pela vida em branco, a seco. Sou solteiro convicto e não tenho a idéia de me casar. Então isto que dizer que eu tenho que passar, quem sabe, a vida inteira sem fazer sexo? ficou louco? Quanto ao livro, salvo engano é um livro considerado genial e pretendo lê-lo tão logo um velho amigo meu termine sua leitura. Pelas minhas conversas com este amigo, que, aliás, é um dos grandes intelectuais do Brasil, a respeito do livro em comento, penso que vc não entendeu nada do que leu, se é que leu. Abraços cordiais. Eric.

Anônimo
28 de janeiro de 2011 18:15

Pior que o Big Brother, são as pessoas que assistem,principalmente as que se dizem cristãs.É lastimável que os cristãos ainda ficam em frente a isso, expondo sua família a esse lixo.

9 de março de 2011 18:07

Ô meu irmão. Cita a fonte! É mais ético. O texto acima você pode conferir aqui na página 15 do jornal: http://www.metodista.org.br/flip/fev2011/index2.htm?id=flip166&lan=pt%3Ep=1&bg=FFFFFF&he=580&dbmode=xml&localrun=true&closebutt=true&sendurl=true&iframe=false

Não citar a fonte, além de demonstrar a falta de ética profissional, desvaloriza quem sentou, pensou e escreveu sobre o tema. Além de está sujeito a processo de acordo com a constituição em vigor. O texto acima é de minha autoria. Por favor divulgue bons textos, mas preserve as respectivas fontes.

Att,

Pr. José Geraldo Magalhães Júnior

10 de março de 2011 12:42

Já entrei em contato e pedi minas desculpas! Por ter infringido a política do site o amado!

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.

 
Copyright © 2012. Blog do Lucas ! - Todos Direitos Reservados
Design Lucas Porto