ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Petição online conta com a assinatura de cristãos contra a distribuição do Kit Gay


Diante dos trabalhos adiantados para começar a licitação para distribuição do Kit Gay nas escolas, uma petição pública divulgada na internet conta com a ajuda dos cristãos para impedir que esse material chegue as 6 mil escolas públicas.


O Kit traz DVDs e livros que tratam a homossexualidade como algo natural e as histórias contadas, segundo a visão dos mais conservadores, faz mais apologia ao homossexualismo do que ao combate à violência e preconceito.


O protesto online tem o nome de “Somos contra o maior escândalo deste País: o Kit Gay” e as assinaturas serão enviadas para a Presidente da República, Congresso Nacional do Brasil, Supremo Tribunal Federal e Assembléias Legislativas mostrando a indignação da sociedade que não concorda que esse material chegue às mãos de crianças entre 7 e 10 anos de idade.

Para assinar basta clicar no link: http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=PROL
« ANTERIOR
PRÓXIMA »

4 comentários

  1. A maior vergonha desse país é a corrupção,inclusive nas igrejas,o narcotráfico,a pistolagem,a contravenção,os juros bancários extorsivos,a fome.,a miséria,a desigualdade social,os políticos safados e demagogos etc,etc,etc e não um kitzinho ou uma cartilhazinha que combate o bullying.
    Vão procurar o que fazer.

    ResponderExcluir
  2. Existe um falseamento aí no texto da matéria.O MEC já esclareceu que o kit é destinado a alunos do ensino médio.O que se traduz portanto que não serão crianças de 7 a dez anos os que serão contemplados pelo kit e sim adolescentes mais maduros para compreender assuntos de sexualidade do ensino médio com idades entre doze e quinze anos.Esse pessoal conservador sempre inventa alguma contestação quando se trata de assuntos de interesse dos gays.

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de salientar que nem todos os cristãos pensam assim deste modo tacanho e desaltruista.A campanha do kit,como todos sabem,destina-se a combater o preconceito contra os jovens homossexuais,bissexuais e transexuais entre outros que são perseguidos na escola pelo bullying homofóbico.A campanha visa criar uma atmosfera confortável para que os adolescentes GLBTS possam vivenciar suas sexualidades mais livremente igalmente aos heterossexuais.Não vejo estímulo a sentimentalidades de homoeroticidade nesta campanha pois se assim for, temos de reconhecer a internet como a maior estimuladora do sexo e sexualidades precoces nas crianças.

    ResponderExcluir
  4. Eu penso que a escola deve ser laica,independente,justa,igualitária e provedora do bem-estar comum combatendo toda forma de descriminação.

    ResponderExcluir

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.