ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cineasta afirma ter encontrado pregos usados na crucificação de Jesus Cristo

O cineasta Simcha Jacobovici afirma ter encontrado dois dos pregos utilizados na crucificação de Jesus em um túmulo de Jerusalém. Os detalhes desta descoberta estão documentados no filme “The Nails of the Cross” (Os pregos da Cruz).
No filme Jacobovici tenta, através de especialistas e documentos, provar que os pregos encontrados têm mais de dois mil anos e foram mesmo usados na crucificação de Jesus.

“O que estamos anunciando ao mundo é o melhor argumento arqueológico jamais feito de que dois dos pregos da crucificação foram encontrados”, disse o realizador à agência Reuters.

O documentário mostra que as supostas relíquias foram encontradas no túmulo do sacerdote Caifás, que, de acordo com o Novo Testamento, enviou Jesus para a morte ao denunciá-lo aos romanos (João 18:14).

A Autoridade de Antiguidades de Israel, que supervisionou a escavação do túmulo, duvida da descoberta e diz que o filme é muito interessante, mas não tem base em achados arqueológicos ou de investigação.

E até mesmo o cineasta não tem certeza absoluta de que esses pregos realmente estiveram cravados em Cristo. “Se eu tenho 100% de certeza de que são? Isso eu não tenho”, explicou.

O documentário chega aos cinemas dos Estados Unidos no dia 20 de Abril e os críticos já o acusam de dar golpe publicitário para promover o longa.


O Verbo
« ANTERIOR
PRÓXIMA »

7 comentários

  1. parece piada, mas eu vi essa notícia inútil na CNN! como q pode? Como q ainda tem gente q acredita em deus, diabo, paraíso, inferno? Se vc q está lendo isso é um desses idiotas, assista o filme zeitgeist. Não seja mais um escravo, acorde!

    ResponderExcluir
  2. Querido!!! Li as besteiras que vc escreveu nem por isso eu sou uma idiota.
    O melhor que vc é ir ler um bom livro seu doido...tsc!tsc!

    ResponderExcluir
  3. LMAO
    como tem gente que ainda acredita, man?

    ResponderExcluir
  4. Milhares de pessoas cruxificadas... Não mas tem que ser logo do Jesus..

    ResponderExcluir
  5. O mesmo que você vive e também não respeita ninguém, pelo jeito. Sou Católico Apostólico Romano, me interesso por todas as religiões e ceitas, porém a mais plausível, para mim, é a religião católica. Para quem é ateu, me expliquem porque a ciência chama de Milagre, tudo que não se tem explicação científica. Milagre é algo divino po. Também apoio o incentivo a todos nós lermos um livro, e convido a vocês que não acreditam em Deus, Jesus, a lerem a Bíblia. Mas leiam sem o pré-conceito de ser a Bíblia. Leiam com a mente aberta. A mesma mente aberta que você lê as coisas das quais vcs acreditam. Boa leitura.

    ResponderExcluir
  6. Bom é o Anônimo que comenta, ofende e não tem coragem nem de dizer o nome...
    Seguinte, cresci no catolicismo, mas venho colocando em dúvida muitos dos ensinamentos e contos bíblicos, por diversas razões históricas que, quem quiser, pode pesquisar.
    No entanto, creio incondicionalmente na existência e presença de Deus. Acredito em milagres, anjos, santos, destino, essa coisa mística toda e acho que estou no direito de pedir respeito por parte de quem não acredita, a pelo menos se calar e não ofender com sua opinião.
    Em relação à matéria, como foi dito antes, acho inútil e ridícula. Se a própria história de Cristo ainda não foi muito esclarecida ou provada, como poderia ser provada a origem de tais pregos?
    Paz a todos =D

    ResponderExcluir
  7. É bem interressante alguem querer dizer que esses pregos foram usandos em Jesus, tendo em vista que na época em que se acredita que Ele tenha vivido, crusificar pessoas tenha sido algo tão comum.

    ResponderExcluir

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.