Quem Foi?

10 abril 20110 comentários


Quando Abraão se queixou a Abimeleque que os empregados dele haviam tomado à força um de seus poços, o rei de Gerar respondeu: “Não sei quem fez isso. Você nunca me falou nada, e esta é a primeira vez que estou ouvindo falar desse assunto” (Gn 21.26, NTLH).

Porque o culpado se esconde, porque ele costuma agir durante a noite, quando todos dormem, porque ele mente, porque ele é um lobo travestido de cordeiro ou de vovozinha — ninguém o conhece, senão algum (ou muito) tempo depois.

Abimeleque não sabia qual dos seus empregados havia tomado à força um dos poços de Abraão. Nem Josué nem o povo de Israel sabiam o nome do israelita que havia quebrado a aliança e ficado com os despojos de Jericó. Nenhum dos apóstolos sabia qual deles estava traindo o Senhor. Nem o dono da plantação nem seus empregados sabiam quem havia plantado joio no meio do trigal.

A pergunta “Quem?” é pertinente. Logo no início da história humana, o Criador chegou bem perto da criatura nua e lhe perguntou à queima-roupa: “Quem lhe disse que você estava nu?” (Gn 3.11). João, o discípulo que estava mais próximo de Jesus durante a Ceia, perguntou-lhe: “Senhor, ‘quem’ é ele [o traidor]? (Jo 13.25). Paulo, cheio de indignação, perguntou às igrejas da Galácia: “Ó gálatas insensatos, ‘quem’ os enfeitiçou?” (Gl 3.1). Os ceifeiros perguntaram ao dono do trigal: “De onde será que veio este joio?” (Mt 13.27).

No caso dos despojos de Jericó, o culpado é Acã (Js 7.18). No caso do joio plantado no meio do trigo, o culpado só poderia ser algum inimigo (Mt 13.28), que Jesus identifica como “o próprio Diabo” (Mt 13.39). No caso da traição de Jesus, o traidor é aquele a quem o Mestre deu um pedaço de pão passado no molho, ninguém senão Judas, filho de Simão Iscariotes (Jo 13.26). No caso dos gálatas, os verdadeiros culpados são os judaizantes legalistas que haviam se infiltrado nas comunidades cristãs da Galácia para pregar outro evangelho (Gl 1.7). No caso da desconfortável nudez adâmica, o Criador não esperou a resposta de Adão e ele mesmo respondeu à sua pergunta com outra pergunta acusatória: “Por acaso você comeu a fruta da árvore que eu o proibi de comer?” (Gn 3.11, NTLH).

Mais cedo ou mais tarde, os verdadeiros culpados de todas as tragédias e guerras da história, desde o dilúvio até a derrubada das torres gêmeas, de toda injustiça, de toda perversão humana, de todos os escândalos políticos e eclesiásticos, e de toda dor e sofrimento terão seus nomes proclamados em alta voz. Nesse mesmo tempo, os primeiros e verdadeiros fazedores de boas obras, ainda não conhecidos porque se esconderam da publicidade ou porque foram propositadamente escondidos do público pela sociedade, também terão seus nomes mencionados sem alarde, de tal modo que a glória continuará sendo exclusivamente do Senhor!
Revista Ultimato
Compartilhe :
Comentários
0 Comentários

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.

 
Copyright © 2012. Blog do Lucas ! - Todos Direitos Reservados
Design Lucas Porto