ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Silêncio com Deus



Os momentos de adversidade em nossas vidas são muitos. Talvez melhor traduzir assim: serão muitos! Jesus nos advertiu: “No mundo tereis aflições”... (João 16.33). As pelejas são tantas que por vezes até pensamos que Deus deixou de olhar para nós.

Caro leitor, a maneira que Deus enxerga qualquer situação é totalmente inusitada ao nosso entendimento. O tempo de Deus é diferente do nosso tempo; primeiro porque Ele vê o infinito e nós o imediato. “Pois os meus pensamentos são muito diferentes dos seus; a minha maneira de agir é diferente da sua, declara o Senhor”. (Isaías 55.8).

Contudo a promessa do Senhor continua a mesma porque Sua palavra é imutável, principalmente em Seu plano de salvação. “Muito antes de criar o mundo, Deus nos escolheu para pertencermos a ele; naquela época ele decidiu fazer-nos santos aos seus olhos, sem uma única falta – a nós, que nos encontramos diante dele cobertos com o seu amor. Seu plano imutável sempre foi adotar-nos em sua própria família, por meio de Jesus Cristo, pois esse era o seu propósito e sua vontade”. (Efésios 1.4-5)

Quando entregamos o comando de nossas vidas ao Senhor, devemos ser pacientes, tudo acontecerá no momento certo; nesse percurso ao pegar atalhos corremos sérios riscos. Medite nos versículos: “Podemos nos alegrar, igualmente, quando nos encontrarmos diante de sofrimentos pois, sabemos que os sofrimentos produzem a paciência. E a paciência desenvolve em nós a força de caráter, e a força de caráter desenvolve em nós a esperança. E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos deu”. (Romanos 5.3-5).

Dificuldades teremos, até porque necessitamos delas para o nosso aperfeiçoamento, o moldar de Deus exige longas e demoradas horas em oração, comunhão e aplicação de Sua Palavra.

Os momentos de silêncio e sem respostas de Sua parte, nos capacita a merecedores das promessas. Quando percebo que as repostas que quero não vêm rapidamente, concluo que ali está a mão do Senhor. Os nossos desejos tendem a primeiramente agradar a nossa carne, conseguintemente sufocamos o espírito e a todo o momento somos tentados.

Nos momentos de tribulação não murmure. Melhor remédio é louvar ao Senhor, engrandecer a Ele, conversar com Deus entregando a ele todas as nossas inquietudes e angústias.

Lembra-te do Apóstolo Paulo, que aprendeu a dar graças na fartura e na escassez e ao final dizendo que podia todas as coisas naquele que o fortalecia, porque tudo o que viveu lhe deu robustez para enfrentar as adversidades e as aflições provenientes do viver em Cristo.

O momento é de dor? Chore aos pés do Senhor! O momento é de perca? Clame! O momento é de alegria? Glorifique! Saiba que estar com Cristo é bem melhor do que errar.

Por isso permaneça na posição, porque o choro poderá (até) durar mais que uma noite; mas o Deus que servimos é nosso alto refúgio, (Salmo 9.9) está presente para nos auxiliar e nos fazer ultrapassar qualquer obstáculo que pareça grande aos nossos olhos, mas que são pequeninos para Deus.

“Espere pela ação do Senhor. Seja valente e encha o seu coração de coragem. Espere com confiança no Senhor”. (Salmo 27.14).

*Tradução Nova Bíblia Viva



Jailson Ferreira de Oliveira
Servo do Senhor Jesus,
Profº de Escola Bíblica Dominical na
Assembleia de Deus em Mossoró-RN.
« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.