Edir Macedo prega ABORTO como forma de planejamento familiar

28 agosto 20103comentários


O bispo da Igreja Universal do Reino de Deus Edir Macedo, defende publicamente o aborto. Para o fundador da IURD e dono da Rede Record de Televisão o aborto é uma excelente estratégia de planejamento familiar.

Caro leitor, confesso que estou abismado com o discurso deste senhor. Os argumentos usados por ele para defender o aborto afronta a santidade do Eterno. Ora, ninguém possui o direito de tirar a vida de ninguém. Afirmo sem titubeios que abortar é frontalmente contra aos ensinamentos das Escrituras.

O meu compromisso é com a Palavra de Deus. E a Palavra de Deus condena o assassinato. Isto posto, afirmo com todo o meu vigor e convicção que sou totalmente contra a idéia da legalização do aborto e repudio veementemente  esta prática infernal.


"Definitivamente tem que se penssar na doutrina da IURD" ! Meu D'us......








Minha impugnação com relação e esse senhor apenas aumentou.....
  


Compartilhe :
Comentários
3 Comentários

+ comentários + 3 comentários

Anônimo
28 de agosto de 2010 13:37

1. A questão do aborto não é, nem nunca foi questão religiosa, senão na medida em que é questão humana e da natureza humana. Não é, pois, necessário fazer apelo a princípios religiosos para repudiar vivamente tanto a prática como a despenalização do aborto.

2. O aborto é, de maneira cientificamente indiscutível, um atentado direto à vida humana, à vida de um ser humano procriado, em gestação e indefeso. Representa, pois, uma hipocrisia o uso da expressão "interrupção voluntária da gravidez", que só significa morte de um novo ser, como a discussão entre os patrocinadores do aborto, contra todas as conclusões da Medicina, sobre se o crime deve ser cometido com mais ou menos dias, com mais ou menos meses de gestação.

3. Todos os argumentos apresentados numa perspectiva humanitária e de bem social para admitir o aborto são meios de iludir gravemente a questão. Não são razões que podem justificar, como regra, a supressão, de natureza racista, que o nazismo usou para fundamentar o direito de matar velhos e doentes.

4. Não ignoramos nem queremos esconder os graves problemas sociais que estão na base do aborto clandestino. Para combatê-los, não é admissível mascará-los com o direito ao crime, em vez de ir às suas causas. Urge a continuação de tomada de medidas positivas de natureza humana, social e ética (planejamento familiar, apoio à mãe solteira, o desenvolvimento da instituição da adoção, o incremento de correta assistência social, atenção construtiva aos fatores de desagregação moral na família e na educação etc.).

5. Também é lamentável a confusão que se faz enumerando o aborto como um dos meios possíveis de limitação da natalidade. Não é. É, sim, um meio sofisticado de condenar à morte um ser inocente. Isso não quer dizer que não alertamos também para a necessidade de proibir o comércio de anti-conceptivos que são de natureza abortiva.

6. A legalização do aborto é também um dos mais graves atentados contra a mulher - quando pugna pelos seus direitos e é ludibriada a julgar que naqueles se contém o de abortar -, pois a torna um objeto da irresponsabilidade masculina e é impelida a ser autora do crime em que terá a menor culpa. Atribuir-lhe o direito de amputar o corpo é duplamente falso: ninguém deve-se considerar com direito a cortar um braço, e o seu filho não é o seu corpo mas um novo ser com direito à vida.

7. Finalmente queremos deixar bem claro que a nossa condenação absoluta do aborto nada tem a ver com a condenação de pessoas concretas. Desde sempre, e com muito mais razão com o aperfeiçoamento do nosso ordenamento jurídico, cada pessoa merece ser considerada como tal, quer no plano da moral quer no do Direito. O crime pode existir e, não obstante, pode-se absolver quem o praticou, dadas as circunstâncias que envolvam tal prática.

Dário Gurgel
28 de agosto de 2010 17:11

ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos dias apostatarão da fé, por obedecerem a espírito enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras e que tem cauterizada a própria consciência... pois os homen...s serão EGOÍSTAS, avarentos, jactanciosos, ARROGANTES, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, IMPLACÁVEIS, caluniadores, SEM DOMÍNIO DE SI, CRUÉIS, INIMIGOS DO BEM, traidores, atrevidos, enfatuados, mais AMIGOS DOS PRAZERES que amigos de Deus. Esses são alguns dos motivos que estão fazendo os homens defederem questões como esta.

28 de agosto de 2010 22:07

Ou sejá Jesus está voltando e os falsos profetas já estão mexendo os pauzinhos.....

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.

 
Copyright © 2012. Blog do Lucas ! - Todos Direitos Reservados
Design Lucas Porto