ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Homem que matou Pastor no rio é preso


O marceneiro Alessandro Teixeira Rocha, de 35 anos, foi preso, ontem à noite, por policiais do 3º BPM (Méier). Ele era procurado desde a manhã de ontem pela Divisão de Homicídios (DH), como principal suspeito da morte do pastor Hegnaldo da Silva Viana, de 44 anos, da igreja Comunidade Evangélica Deus Santíssimo, morto com dois tiros na nuca, na noite de domingo, em frente ao seu apartamento, na Rua Teixeira Campos, em Santíssimo, Zona Oeste do Rio.

Vizinho da vítima, ele é acusado pela família de Hegnaldo e por testemunhas de ter praticado o crime. O motivo seria o barulho causado pelas orgias com mulheres promovidas por Alessandro em sua casa, o que teria incomodado Hegnaldo. No térreo do prédio onde os dois moram, fica a igreja do pastor.
Em 24 de dezembro do ano passado, Hegnaldo fez, na 35ª DP (Campo Grande), um registro de ameaça contra Alessandro. Após uma discussão, o marceneiro teria ameaçado o pastor com uma arma. Uma audiência de conciliação entre os dois estava marcada para amanhã.

— Após a ocorrência, as coisas só pioraram. A cisma dele com Hegnaldo só aumentou. Não aguentei nem ver meu marido no chão. Entrei em pânico — conta a viúva do pastor, a técnica de enfermagem Cleide Alves Viana, de 46 anos.

Alessandro da Rocha foi preso na Rua Ateneu, em Inhaúma. Ele teria ido pedir auxílio financeiro a um ex-patrão para fugir. O criminoso foi capturado por policias do 3º BPM após uma denúncia que chegou ao batalhão. Alessandro teria contado aos PMs que ficou vagando pelas ruas da cidade e que se desfez da arma do crime.

Tia do pastor, a cozinheira Rosa Maria Batista da Silva, que estava na casa dele no momento do assassinato, lembra que Hegnaldo tinha acabado de jantar e estava sentado no sofá. Por volta de 19h, uma obreira da igreja o chamou e ele desceu para conversar com ela.

Cerca de 15 minutos depois, a família ouviu dois estampidos. Quando foram olhar na janela da casa, que fica em cima da igreja, viram o pastor caído no chão, ensanguentado.

— Quando corremos, ainda vimos o assassino andando calmamente com a arma do crime na mão. Só espero que ele vá pra cadeia e fique lá por um bom tempo — disse, emocionada.

O enterro do pastor Hegnaldo Viana será hoje, às 9h, no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju.


Confira o INICIO


Igospel
« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.