ÚLTIMAS NOTÍCIAS

JESUS CRISTO, O SENHOR E MESTRE!

JESUS CRISTO, O SENHOR E MESTRE!


1. SENHOR:


Algumas pessoas intitulam Jesus como Senhor, mas Cristo não exerce nenhuma influência em
seu viver. Quando se fala de Senhor, cabe a palavra “servo”, e no original sagrado o termo
“servo” traduz-se por escravo e no Aurélio é aquele que não tem direitos, ou não dispõe de sua
pessoa e bens. O Escravo não tem vontade própria, pois a sua vontade é a do seu senhor. Da
mesma forma quando aceitamos a Jesus como salvador, aceitamos também seu senhorio sobre
nossas vidas.

 

a) Vale a pena salientar que o Senhor Jesus não nos trata como servos, mas como amigos, pois
no seu relacionamento conosco, Ele tem revelado as coisas pertencentes ao Reino de Deus.
S. Jo. 15: 15 Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas
chamei-vos amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos dei a conhecer.
 

b) Outro aspecto que revela o senhorio de Cristo sobre nossa vida é a característica de estarmos
mortos, isto é: Estarmos crucificados com Cristo, dando-nos a entender que abrimos mão da
nossa vontade para que a d’Ele prevaleça em nossas vidas.
Gl. 2: 20 Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida
que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si
mesmo por mim.


2. MESTRE:


Desta vez a palavra para se relacionar com mestre, será “aluno”. O Aurélio diz “Aluno: Pessoa
que recebe instrução e/ou educação de algum mestre, ou mestres, em estabelecimento de
ensino ou particularmente; estudante, educando, discípulo”.

 

a) A vida cristã deve ser de constante crescimento e este precisa ser compartilhado e absolvido
entre os irmãos, a fim de que todos cresçam em Cristo sob todos os aspectos espirituais. Para
isto c Senhor providenciou à Igreja várias pessoas com ministérios específicos.
I Tess. 4: 1. Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus que, como
aprendestes de nós de que maneira deveis andar e agradar a Deus, assim como estais fazendo,
nisso mesmo abundeis cada vez mais.
Ef. 4: 11 - 15. E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como
evangelistas, e outros como pastores e mestres, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos,
para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à
unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida
da estatura da plenitude de Cristo; para que não mais sejamos meninos, inconstantes, levados ao
redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à
maquinação do erro; antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a
cabeça, Cristo,


b) O conhecimento de Cristo renova a nossa mente, para que possamos experimentar qual seja a
boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
Rm 12: 2. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa
mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.
c) Como bons alunos do Senhor precisamos exalar o cheiro do seu conhecimento.
II Co. 2:14. Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo, e por meio de
nós difunde em todo lugar o cheiro do seu conhecimento;
d) Devemos orar para que o conhecimento do Senhor cresça em cada um dos irmãos.
Fp. 1: 8, 9. Pois Deus me é testemunha de que tenho saudades de todos vós, na terna
misericórdia de Cristo Jesus. E isto peço em oração: que o vosso amor aumente mais e mais no
pleno conhecimento e em todo o discernimento.



Por: Jayro Caillo
« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.