Transexual pastoreia igreja evangélica na Índia

19 fevereiro 20121comentários


A primeira pastora transexual da Índia tem 25 anos de idade esta a cargo de uma pequena congregação localizada ao sul de Chennai, pertencente a uma denominação evangélica de corrente tradicional, cujo bispo cautelosamente declara que a constituição de sua igreja não restringe que um transexual tenha direito de ser ordenado a pastor.

A pastora Bharathi, conhecida apenas pelo primeiro nome, se declara abertamente transexual e lidera uma congregação localizada em Chengalpattu nos subúrbios de Chennai, capital do estado de Tami Nadu.

O jornal Christian Post, perguntou ao bispo Ezra Sargunam, presidente da Igreja Evangélica na Índia, se a Igreja tem elaborado uma política de decisões que permite ordenação de transexuais, ele respondeu que a constituição da igreja prefere o silêncio sobre este assunto.

No entanto, o bispo de 74 anos, que recebeu o Senhor Jesus Cristo quando tinha 18 anos de idade durante uma cruzada evangelística de Billy Graham em Chennai, disse que a ordenação de Bharani não deveria ser vista como parte de sua declaração de missão da Igreja (Declaração Política). A decisão de ordenação a favor de Bharathi se baseou em sua devoção e conduta excepcionais, disse ele.

Bharathi, que tem sido pastora por oito meses, é muito bem aceita por sua congregação “descobrimos que ela tinha certeza de seu chamado e missão”, disse Sargunam. “Até mesmo as pessoas de sua comunidade (não cristãos) a viram com uma deusa”. Os transexuais são muitas vezes condenados por ostracismo na sociedade indiana.

Bharathi nasceu e cresceu como menino, mas ele se via como uma menina, na qual fez sua vida se tornar muito difícil. “Uma irmã de uma congregação perto de nossa casa teve pena de mim e me levou lá”, disse Bharathi ao jornal de circulação nacional The Times of India. “Comecei a ler a Bíblia e a orar na igreja todos os dias. Me converti quando tinha 12 anos e fui batizada alguns anos mais tarde, ou seja no ano de 2000.

Depois de ser ordenada pastora, começou a ministrar a outros transexuais dentro de sua localidade. “Formei uma equipe de pessoas para trabalhar comigo no meio dos transexuais em Chengalpattu, a fim de trazê-los para a Igreja e ajudá-los a permanecer livres de problemas”, disse

Nenhuma denominação ou igreja na Índia se opôs a ordenação de Bharathi. Questionado sobre se sua igreja será aberta para ordenar homossexuais e lésbicas, Sargunam disse “Não acredito que podemos apoiar isso”.

Portal Padom / Blog do Lucas 
Compartilhe :
Comentários
1 Comentários

+ comentários + 1 comentários

Anônimo
1 de março de 2012 22:44

vai pastorear quem?cada uma que se ve.

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.

 
Copyright © 2012. Blog do Lucas ! - Todos Direitos Reservados
Design Lucas Porto