ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Feliz é quem aprende a render-se - Part04

Alguém que é limpo de coração é justamente uma pessoa que consegue seguir em paz e em santificação. Quando o apóstolo Paulo escreveu aos Romanos 12: 8, disse que se for possível, quanto depender de nós, devemos ter paz com todos os homens. Isto fala que devemos tomar uma iniciativa para tornarmos essa realidade possível.

O interessante é que essa mesma atitude deve existir quanto à santificação, pois se você ler as escrituras com cuidado, perceberá que o ato de santificar-se deve ser uma atitude de nossa parte, mesmo que orientado por Deus. Foi assim no Sinai quando Deus pediu que o povo se santificasse, pois dentro de dois dias ele se manifestaria ao povo em cima do monte; foi assim próximo ao Jordão , quando o Senhor disse que eles se santificassem, porque no dia seguinte Ele faria maravilhas; Deus exigiu santificação também na separação dos sacerdotes e nas peças do Tabernáculo .
O apóstolo Paulo trata o assunto da mesma forma, quando diz que devemos nos despojar do homem velho com os seus feitos, então ele cita a ira, a cólera, a malícia, a maledicência, as palavras torpes da nossa boca.

Pedro diz que devemos santificar em nosso coração a Cristo como Senhor. Todas essas citações mostram como é tratada a questão da santificação. O comportamento deve ser uma atitude praticada por nós mesmos. Não adianta pedirmos a Deus que nos santifique, que limpe os nossos corações, se fazemos questão de nos sujar nas poças de lama do mundo. Precisamos ser fiéis a Deus nos nossos desígnios mais íntimos e nos motivos da alma, isentos de orgulho e de interesses egoístas e assim nos tornarmos semelhantes a uma criança.

Deus deseja corações limpos, porque do coração procedem os maus pensamentos, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.

Você sabe que a língua é um pequeno membro e se gaba de grandes coisas. Tem a capacidade de como um pequeno fogo incendiar um grande bosque, com ela podemos bendizer ao Senhor e Pai, ou amaldiçoarmos os homens, vai depender do que estiver cheio o nosso coração, pois a boca fala do que o coração está cheio. Se o coração estiver limpo, nossa língua falará daquilo que é puro, se o nosso coração estiver sujo, falaremos das imundícias do pecado.

Decidamos neste momento não habitar mais nas tendas da impiedade! Saiamos desse lamaçal! Tomemos uma atitude e deixemos de lado essa vida de intrigas! Façamos planos para a vida, para a alegria, para o bem das pessoas que nos cercam e daqueles que estão longe também. Não aceitemos mais que a nossa mente seja dominada por pensamentos maus, coloquemos nossos olhos naquilo que é bom, nos acompanhemos com quem é de Deus, conversemos assuntos que edificam. Eu tenho certeza que o prazer e o privilégio de contemplar ao Senhor compensam esse esforço.

OS PACIFICADORES

Muitas pessoas serão chamadas de filhas de Deus pela atitude de pacificação. Pacificador é aquele que pacifica. Pacífico é aquele que ama a paz. Pacificar é restituir a paz, apaziguar, serenar, tranqüilizar, acalmar, abrandar. Isto não é comprovado apenas naquilo que dizemos, mas no que fazemos. Os pacificadores são aqueles em quem o Espírito Santo produziu a capacidade espiritual para evitar brigas, contendas e divisões. Há pessoas que têm a incrível capacidade de semear contendas entre irmãos, ainda assim pensam que estão a serviço de Deus e que podem ser chamados de Seus filhos. Está escrito que o nosso Deus é o Deus de Paz, Jesus é o Príncipe da

« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário

Postar um comentário

Sua colaboração e participação e FUNDAMENTAL para nosso trabalho!

Não deixe de COMENTAR!

Mas peço a compreensão de TODOS quanto às palavras a serem CITADAS e não utilizar como divulgação de outros Links redirecionando para páginas inadequadas caso contrário será arquivada como SPAM.

Recomendações de Blog's e outras páginas podem ser envidas para nosso e-mail: contato@blogdolucas.com

D'us esteja com você.